segunda-feira, 2 de maio de 2011

Voar


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Sinto vontade de voar
Sinto vontade de ser livre
Fugir dos meus pensamentos
Partir sem rumo para longe
E poder voltar a sonhar
Sentir de novo a vida
Libertar a minha alma
Seguir o meu coração
Ouvir o teu silêncio
Que em mim habita
Sentimento profundo
Lembrado cada minuto
Levo-te até onde pousar
Talvez começar de novo
Só para te amar livremente
E assim não mais voltar