terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Sempre contigo












E se o azul do teu céu escurecer;
de lúgubre te ofuscar as estrelas,
eu te darei o brilho dos meus olhos!

Sem comentários:

Enviar um comentário