domingo, 9 de janeiro de 2011

Fica comigo













Não sei mais o que pensar,
Não sei mais o que fazer,
Contra este sentimento lutar,
E em paz poder viver.

Ele é tão belo e forte,
Que por dentro me consome,
Lentamente até à morte,
Vazio, profundo e enorme.

A vida tem destas coisas,
E ás vezes troca-nos as voltas,
O coração é uma caixinha de surpresas,
Deixando-nos como notas soltas.

Sei que sentes igual,
E por isso quero-te pedir,
Deixa tudo e não leves a mal,
Fica comigo e não voltes a partir.

Sem comentários:

Enviar um comentário